VISITAS

quarta-feira, 17 de junho de 2015

LIVROS LIDOS NO BRASIL POR ANO




A 3ª edição da pesquisa Retratos da Literatura no Brasil, realizada pelo IBOPE Inteligência e encomendada pelo Instituto Pró-Livro (IPL), demonstrou que a média de livros lidos por ano, por aqueles que se consideram leitores, no Brasil, é de 4 livros ( incluídos livros DIDÁTICOS ).

Nessa pesquisa, consideraram-se leitores 50% dos entrevistados e, convenhamos, considerar livro didático como livro lido é uma covardia, não acham?
Mais um detalhe, desses 4 livros, na verdade apenas 2,1 tem sua leitura completa, o que faz que essa média seja reduzida, na maior boa vontade para 3 livros lidos por ano no Brasil.

Só para se ter uma ideia de como anda o mundo no consumo literário, por assim dizer, a Espanha tem uma média de 10,3 livros lidos por ano, Portugal, 8,5, Chile, 5,4, Argentina, 4,6, México, 2,9 e Colômbia, 2,2.
Em todos esses casos não se contabilizam os livros didáticos, ok?

Agora vejam, na França existe uma preocupação e uma movimentação para conseguirem compreender os motivos que levaram a queda a livros lidos por ano de 16 para 15 !!!


Essa é a nossa única saída. Ensinar esses pequenos o gosto pela leitura. Leitura é hábito e esse hábito só pode partir dos pais, dentro de casa.
Sem excesso de tablets, sem excesso de redes sociais, sem excesso de busca pelo superficial e fútil por parte dos pais.
Hábito para leitura é regra, é disciplina, deveria fazer parte do contexto familiar, periodicamente, é educação !!! 


É isso  !!!

TURISMO LITERÁRIO EM SÃO PAULO


Abaixo, seguem alguns endereços para estimular aqueles que apreciam literatura.

Cenários e ambientes que trazem o gosto pela literatura se tornar mais intenso e aflorado.

Vale a pena desbravar ...


A Oficina da Palavra - Casa Mário de Andrade


Quem espera encontrar itens do escritor Mário de Andrade vai perder a viagem. Na verdade a Oficina da Palavra Casa Mário de Andrade, localizada na Barra Funda, na casa onde viveu o ícone modernista é na verdade um espaço de cursos, saraus e palestras. 

Rua Lopes Chaves, 546  -  Barra Funda Fone: (11) 3666-5803 




Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin



A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, localizada na Cidade Universitária da USP, foi criada em janeiro de 2005 para a coleção brasiliana do bibliófilo José Mindlin e sua esposa Guita doada pela família Mindlin à USP. 
No total são 32,2 mil títulos que correspondem a 60 mil volumes aproximadamente.
De quebra você pode fazer compras na charmosa livraria João Alexandre Barbosa.


Biblioteca de São Paulo


A biblioteca de São Paulo tem 4.257 m², cerca de 30 mil itens e é um prato cheio para os leitores paulistanos.

Localizada no Parque da Juventude, antigo Carandiru, conta ainda com uma intensa programação cultural.


Biblioteca Mário de Andrade



Considerada a maior biblioteca pública da cidade e a segunda maior biblioteca pública do país, a homenagem a um dos maiores nomes da literatura nacional foi fundada em 1925 no centro da cidade próxima a estação República do metrô. Reinaugurada em 2011, tornou disponível ao público as áreas de consulta das coleções fixas – Artes, Coleção Geral, Mapoteca e Raros e Especiais – e um auditório.



Biblioteca Monteiro Lobato

 

Localizada na Vila Buarque (próximo às estações República e Santa Cecília), a biblioteca Monteiro Lobato é dedicada aos pequenos leitores e conta com mais de 49 mil exemplares.
Rua General Jardim, 485 - Vila Buarque  -  Fone: (11) 3256-4122




Casa Guilherme de Almeida


Localizada no bairro do Pacaembu, a casa do poeta, tradutor, dramaturgo e jornalista Guilherme de Almeida preserva a história do célebre ex-morador e da cidade de São Paulo como poucos poucos lugares. Desconhecido do grande público, Guilherme foi nome importante na Revolução de 32 que marcou a cidade.

Museu: Rua Macapá, 187 - Perdizes
Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943
Fones: (11) 3673-1883;  (11) 3803-8525



Cemitério da Consolação




Primeiro cemitério público da cidade, o cemitério da Consolação é praticamente uma exposição artística a céu aberto graças as esculturas de grandes nomes como Victor Brecheret e Ramos de Azevedo. Além das obras, estão enterrados lá figuras como Oswald e Mario de Andrade, Tarsila do Amaral e dona Olívia Penteado, uma das grandes apoiadoras do movimento modernista.
A visita do público pode ser feita de de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18 horas também com a opção de visitas monitoradas as terças e sextas, às 9 horas ou 14 horas, com duração de uma hora e meia.



Centro Universitário Maria Antônia


Palco de confrontos durante a ditadura militar em 1968, o Centro Universitário Maria Antônia, no bairro de Higienópolis, era sede de alguns cursos de Humanas antes da criação da Cidade Universitária no Butantã e hoje contempla uma vasta biblioteca, palestras e exposições.

Rua Maria Antonia, 294  -  Higienópolis  -  Fone: (11) 3123-5200


FNAC


Com três unidades em São Paulo (na Avenida Paulista, Pinheiros e Shopping Morumbi), a FNAC conta com uma extensa programação de show e debates, além de uma variedade de títulos gigante.


Instituto Goethe


O Goethe-Institut São Paulo é responsável por diversos eventos culturais que apresentam o intercâmbio entre a cultura do país com a alemã. Além dos eventos ligados ao ensino, música, literatura, esporte, teatro, culinária, arquitetura, ao cinema e ao meio ambiente, conta com aulas e certificados.

Rua Lisboa, 974 - Pinheiros - Fone: (11) 3296-7000



Faculdade de Direito Largo São Francisco - Universidade de São Paulo


Fundada em 1827 a Faculdade de Direito Largo São Francisco foi por décadas a única instituição de ensino da área de humanas ficando conhecida por seus ilustres pensadores. Lá se formaram nomes como Castro Alves, José de Alencar, Monteiro Lobato, Hilda Hilst e Décio Pignatari.
A visita ao pátio e às arcadas são abertas ao público porém quem se interessar por desbravar espaços fechados como a biblioteca, o salão nobre, a sala São Leopoldo e o célebre tumulo de Júlio Frank pode participar de uma visita monitorada na última sexta-feira de cada mês. Para se inscrever basta ligar no (11) 3111-4053. A visita tem cerca de uma hora e meia de duração.
A Faculdade fica localizada no centro da cidade. 

Largo São Francisco, 95 - Centro - Fone: (11) 3111-4000



Livraria Cultura


Com unidades nos Shoppings Bourbon, Iguatemi, Market Place, Villa Lobos, a Livraria Cultura é uma das redes mais conceituadas do país. Destaque ainda para a Mega Unidade do Conjunto Nacional, próximo a estação Consolação, que conta com setores de arte, tecnologia, música clássica, teatro, café e um cinema. Todas as unidades contam com programação de shows e palestras em seus auditórios.



Livraria da Vila


Fundada em 1985 no bairro da Vila Madalena, a Livraria da Vila é uma referencia em literatura e debates literários na cidade. Com a expansão que ocorre desde 2003, quando foi comprada pelo empresário Samuel Seibel, ganhou unidades no Jardins, Moema e nos Shoppings Higienópolis, JK Iguatemi e Cidade Jardim. 
Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena - Fone: (11) 3814-5811


Museu da Língua Portuguesa


Referência internacional, o Museu da Língua Portuguesa, como o nome já indica, aborda a linguagem oral e escrita no país. Além do acervo, exposições temporárias de alto nível animam qualquer um. Não foi o suficiente para te convencer? 
Saiba então que ele fica no majestoso prédio da Estação da Luz, no centro de São Paulo. 


Reserva Cultural


Um dos espaços mais charmosos da cidade, a Reserva Cultural conta com um restaurante, uma lanchonete, salas de cinema e claro, uma livraria, que se dedica especialmente, a livros de cinema, fotografia e artes plasticas. Ainda por cima, está localizado no coração da cidade, no meio da pulsante Avenida Paulista, 900 - no prédio da Gazeta.


Sebo Avalovara - Quarteirão da Palavra


Localizado no chamado “quarteirão da palavra” - trecho da Rua Pedroso de Morais, entre as ruas Inácio Pereira da Rocha e Cardeal Arcoverde, conhecido por seus vários sebos - o Avalovara chama atenção por seu piso de caquinho e grande quantidade de títulos.

Rua Pedroso de Morais, 809 - Pinheiros - Fone: (11) 3815-7215



Sebo Desculpe a Poeira


O sebo é composto basicamente da biblioteca do jornalista Ricardo Lombardi, que resolveu começar o negócio se desfazendo de toda a sua coleção particular. Uma extensão do blog de mesmo nome que surgiu em 2007, também trabalha com revistas (edições especiais e coleções) e encomendas. Quase um sebo personalizado localizado no bairro de Pinheiros.
Rua Sebastião Velho, 28A - Pinheiros 


Theatro Municipal de São Paulo


Sede da Semana de Arte Moderna de 1922, o Theatro Municipal de São Paulo foi projetado pelos arquitetos Ramos de Azevedo, Cláudio Rossi e Domiziano Rossi em 1903 e inaugurado em 12 de Setembro de 1911. Você pode fazer visitas guiadas ou em grupo (também em inglês) e uma bela refeição no restaurante do espaço.

Praça Ramos de Azevedo S/N - República - Fone: (11) 3053-2100